Como criar linhas de assunto eficientes em e-mail marketing
Como criar linhas de assunto eficientes em e-mail marketing

Como criar linhas de assunto eficientes em e-mail marketing

Saber como criar linhas de assunto eficientes em e-mail marketing é um passo fundamental para o sucesso de campanhas neste canal.

Veja neste artigo de Augusto Sorgi, Diretor de Marketing da Splio do Brasil, algumas dicas sobre como turbinar suas campanhas de e-mail marketing com boas linhas de assunto.

Assuntos ineficientes em suas mensagens de email podem prejudicar uma campanha que levou semanas de planejamento e colocar tudo a perder.

A seguir apresentamos 15 verdades sobre os recipientes que devem ser levadas em consideração na hora de se escrever um assunto para email marketing.

O Call to Action é fundamental

Antes de enviar sua newsletter, pare por um momento e se pergunte: Que ações desejo que o destinatário faça? Essa ação não será sempre aquele que tem um impacto imediato sobre o seu negócio (compre agora!), mas deve ser o primeiro passo do caminho em direção a resultados reais de conversão do seu e-mail marketing.

Tenha em mente que a sua linha de assunto será a primeira impressão que seu leitor terá de você e tornando-a seu primeiro Call to Action irá aumentar a probabilidade de que a ação seja tomada.

Pessoas estão incrédulas em relação a maioria dos e-mails

A melhor maneira de superar esse ceticismo é pensar sobre o motivo que levou seus assinantes a se inscreverem para receber seus e-mails, em primeiro lugar. (Se você não sabe, então você pode considerar o envio de um questionário a respeito do conteúdo que eles querem ver mais ou mesmo perguntar isso em seu e-mail de boas vindas.) Uma vez que você descobriu isso, você pode alterar suas linhas de assunto para melhor atender seus interesses.

As pessoas não gostam de ter seu tempo perdido

Não preciso dizer o quanto as pessoas valorizam seu tempo. Quando se trata de seus e-mails, você tem, no máximo, apenas alguns minutos para passar a mensagem. Quando se trata de sua linha de assunto, você tem apenas alguns segundos para captar atenção. Não é nenhuma surpresa então que as linhas de assunto com menos de 50 caracteres possuem taxas de abertura 13% maiores do que aquelas com 50 ou mais.

Tenha em mente que o painel de visualização padrão de caixas de entrada irá mostrar apenas de 30 a 40 caracteres (e cerca de 15 para os dispositivos móveis). Se possível, envie de 25 a 40 caracteres ou 5 a 8 palavras.

As pessoas respondem a números

Números ajudam a quantificar qualquer mensagem e manter o conteúdo em termos que todos entenderão. Quer se trate de uma porcentagem (Saiba como aumentar suas vendas em 50%) ou uma lista (10 passos para aumentar suas vendas) ou um valor monetário (Como uma empresa conquistou R$ 500.000 em vendas), números podem mostrar problemas complexos como o aumento de vendas e apresentá-lo de forma que as pessoas respondam.

Crie um senso de urgência

Como criar linhas de assunto eficientes em e-mail marketing
Dicas de como criar linhas de assunto eficientes em e-mail marketing
As pessoas estão mais propensas a agir quando sentem um senso de urgência. Não tome isso como um convite para adicionar “AGIR AGORA!” ou “OFERTA POR TEMPO LIMITADO!” para cada uma de suas linhas de assunto. Mas use como uma chamada para considerar urgência. Isso é especialmente verdadeiro se você está fazendo uma promoção, queima de estoque, ou agendamento para um evento futuro.

Nessas situações, a diferença entre usar uma linha de assunto como: “Nossa promoção de inverno começa na próxima semana” ou “apenas 5 dias para o início de nossa promoção de inverno” pode ser enorme. Um diz às pessoas que você terá uma promoção e outro diz às pessoas que você está terá uma promoção e é melhor eles começarem a se preparar.

As pessoas se preocupam mais com o remetente que a mensagem

Embora o conteúdo de seu e-mail e sua linha de assunto sejam importantes, mais importante ainda é a relação que o destinatário tem com o remetente (você). De acordo com alguns estudos, cerca de 64% das pessoas abrem e-mails por causa do remetente.

Quer os melhores resultados? Diga às pessoas de quem é o email na linha de assunto. A seguir três exemplos de como fazer isso usando uma empresa fictícia, ApplePie:

  • [ApplePie] Compartilhamos nossa receita secreta de torta de maçã
  • Receita secreta da torta da ApplePie
  • Novidades ApplePie: Revelado segredo de nossa torta de maçã

Ninguém gosta de ser enganado

As pessoas odeiam ser enganadas.Mesmo as empresas mais honestas às vezes podem enganar seus clientes sem intenção. Pode não ser sua intenção, mas se suas linhas de assunto não estão totalmente coerentes com o que você está oferecendo, você pode colocar sua reputação em risco.

Se você está oferecendo uma oferta compre um e ganhe outro, é melhor usar uma linha de assunto como: “Compre um bolo e ganhe outro” do que “Ganhe um bolo”. Sinda vai parecer uma grande oferta e sem qualquer risco de decepcionar seus clientes.

As pessoas querem que a mensagem seja pessoal, mas não tão pessoal

Há um jeito certo e um jeito errado de personalizar as suas linhas de assunto. O caminho certo para adicionar um toque mais pessoal é usar palavras como “você” ou “seu” (10 dicas para melhoras as suas vendas). Permite que as pessoas saibam que há uma pessoa real enviando o e-mail e que eles compreendem os seus interesses como leitor.

O caminho errado para personalizar seus e-mails é através da inclusão de nome do destinatário na linha de assunto. Esta é uma prática que é mais tipicamente usada por spammers. (Verifique sua caixa de spam ou pasta de lixo eletrônico a abundância de exemplos assim.)

As pessoas querem que você compartilhe seu conhecimento

Adivinha quem acha você inteligente? Seus clientes!

É verdade, e muitos deles se inscreveram para o seu boletim apenas por esse motivo. Portanto, não diga a eles apenas o que você leu ou o que você escutou – diga o que você sabe.

Quando se trata de linhas de assunto que começam com você se apresentando com palavras como “meu” ou “nossos” e termina com o compartilhamento de seus conhecimentos. Considere “Nossa receita de torta de maçã: segredo revelado” ou “10 dicas de cozimento da nossa cozinha”.

As pessoas não reagem para letras maiúsculas e pontos de exclamação!!!

O maior incômodo no e-mail marketing ou mídia social é o abuso de maiúsculas e pontos de exclamação. “Nós estamos com uma promoção!” não transmite emoção, transmite um sentimento que você está insistindo muito para chamar atenção. Isso não quer dizer que eles nunca devem ser usados. Se você atingiu uma conquista em seu negócio, tem a sua maior venda do ano, ou está abrindo uma nova loja, mostre seu entusiasmo, só não abuse dele.

As pessoas estão começando a pensar muito mais “socialmente”

As empresas não são as únicas que procuram inspiração para compartilhar conteúdo no Facebook ou Twitter, seus clientes também. Se você tem um público socialmente mais experiente, pensar em sua linha de assunto como atualização de status no Facebook ou um tweet, pode melhorar sua visibilidade.

Uma linha de assunto como: “A receita secreta da torta da ApplePie” é muito mais “twitável” do que “[ApplePie] Compartilhamos nossa receita secreta de torta de maçã.

As pessoas não querem ficar de fora da conversa

Ninguém quer ser a única pessoa a não “saber”. Quer se trate de assistir a um programa de TV, um filme que estão falando, ou uma série de livros que se tornou a última moda. Ninguém quer ficar de fora da conversa. Sua newsletter pode nunca ter a fama de um Crepúsculo ou Jogos Vorazes, mas usar sua linha de assunto para tornar seu conteúdo uma leitura obrigatória irá gerar mais abertura.

As pessoas gostam de teasers

Há uma razão pela qual as pessoas odeiam os comerciais, mas adoram trailers de filmes: comerciais são todos sobre promoção; trailers são todos sobre obter atenção das pessoas e deixá-las querendo mais.

Esse é um assunto comercial: Nossa coleção de inverno está agora em estoque

Essa é um assunto do tipo “trailer”: Nós temos uma nova coleção … acho que você vai adorar.

Um diz ao leitor exatamente o que você está vendendo e o outro os leva a querer saber mais.

As pessoas têm necessidades, dúvidas e preocupações

Entender isso pode ajudar a superar um dos maiores obstáculos do e-mail marketing: relevância. Estudos mostram que cerca de 56% das pessoas apontam a falta de relevância como a razão número um por cancelarem o recebimento de uma newsletter.

Pense nas necessidades do seu público ou o tipo de perguntas que podem ter em sua mente quando estão acessando a caixa de entrada mês após mês. Se você está respondendo a essas perguntas, o seu conteúdo será sempre relevante.

As pessoas odeiam ser prospectadas

Se você quiser obter resultados reais a partir do seu e-mail marketing, você vai precisar aprender a vender sem venda. Isso começa com a sua linha de assunto.

Usar uma linha de assunto excessivamente “comercial” é como contratar um vendedor extremamente agressivo. Ele pode obter resultados, as vezes, mas por cada venda que ele faz ele já perdeu outras dez.

A próxima vez em que você pensar em fazer de sua linha de assunto um ativador de vendas, considere estas 15 verdades e tente chegar em algo melhor do que vender, vender, vender.

Agora que você já tem algumas dicas de como criar linhas de assunto eficientes em e-mail marketing, vamos colocar a mão na massa e boa sorte em seu próximo disparo.

Por Augusto Sorgi, Diretor de Marketing da Splio do Brasil

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA