Os diversos modelos de e-commerce e suas características
Os diversos modelos de e-commerce e suas características

Modelos de E-commerce – Conheça as diversas denominações

Quando falamos em modelos de e-commerce estamos no referindo às diversas configurações possíveis em uma atividade de venda pela Internet.

Uma atividade comercial pela internet pode pode ser estruturada com base em diversos modelos de negócios no e-commerce, em função principalmente do tipo de relação entre as partes compradora e vendedora.

É importante conhecer detalhes sobre os modelos de e-commerce para que você possa estruturar o seu planejamento em função das características próprias de cada um desses modelos.

Os modelos de e-commerce com origem nas empresas

Business to Business  – Modelo B2B

O modelo de comércio eletrônico Business to Business ou B2B como também é conhecido, tem como principal característica a relação comercial entre duas empresas. Um volume bastante significativo do comércio eletrônico mundial é feito nesta modalidade.

As transações no modelo B2B, em sua grande maioria, se dão através de  redes privadas partilhadas entre duas empresas ou mais empresas. É uma prática que possibilita ganhos de produtividade e elimina intermediadores.

Business to Consumer – Modelo B2C

O modelo de e-commerce Business to Consumer, também conhecido como B2C, é o mais conhecido do grande público e envolve a venda direta dos fabricantes e distribuidores ao consumidor final.

As grandes lojas virtuais como Submarino, Netshoes, Extra e outras são exemplos clássicos desse modelo de e-commerce. No Brasil é o segmento que cresce de forma mais acelerada em função do ingressos de pequenos e médios empresários

Business to Employee – Modelo B2E

Modelos de E-commerce. Conheça os diferentes tipos de comércio eletrônico
Os diferentes modelos de e-commerce

Por último, temos o modelo Business  to Employee, onde as empresas criam plataformas de e-commerce, geralmente no formato intranet, para oferecer produtos e serviços para seus funcionários com preços diferenciados.

No Brasil temos um modelo de B2E muito interessante criado pela PREVI, fundação dos funcionários do Banco do Brasil. O Clube de Benefícios da PREVI, através de uma rede de parcerias, oferece diversos produtos e serviços ao seu corpo de funcionários com preços significativamente menores do que os praticados no mercado aberto.

Modelos de e-commerce com origem nos consumidores

O segundo grupo de modelos de e-commerce é o que tem como origem do interesse de venda o próprio consumidor.

Consumer to Business – Modelo C2B

Esse modelo de e-commerce é justamente o contrário do modelo B2C. No modelo C2B, são os consumidores que ofertam seus produtos e serviços para as empresas. Ainda é um modelo pouco utilizado no Brasil, mas em outros países é um grande mercado.

Por aqui, o destaque para ecommerce no modelo Consumer to Business fica por conta dos sites de oferta de serviços freelancer como o Freela e o We Do Logos.

Consumer to Consumer – Modelo C2C

Neste modelo de comércio eletrônico a relação comercial se dá entre duas pessoas, geralmente através de uma plataforma de e-commerce que promove a intermediação da operação.

No Brasil, o pioneiro no modelo Consumer to Consumer foi o Mercado Livre e mais recentemente o Olx e Bom Negócio.

Agora que você já conhece os principais modelos de e-commerce e suas características, já pode escolher o seu e começar a elaboração do plano de negócios para seu e-commerce. Mantenha-se atualizado sobre modelos de e-commerce e outros assuntos relacionados ao comércio eletrônico assinando nossa Newsletter.

GD Star Rating
loading...
Modelos de E-commerce, 9.9 out of 10 based on 14 ratings

2 COMENTÁRIOS

  1. Com essa crise no mundo o negócio é investir em empreendimento pela internet, é uma boa ideia.

DEIXE UMA RESPOSTA