Confira neste artigo alguns motivos para usar a plataforma Magento em seu projeto de e-commerce. Veja quais são os motivos que levaram a Magento a ser uma das plataformas de e-commerce mais populares do mundo.
Confira neste artigo alguns motivos para usar a plataforma Magento em seu projeto de e-commerce. Veja quais são os motivos que levaram a Magento a ser uma das plataformas de e-commerce mais populares do mundo.

 

Motivos para usar a plataforma Magento em seu e-commerce

Ethan Hunt pediria penico se tivesse a missão de escolher uma plataforma de e-commerce.

Existem tantas opções de plataformas como existem pessoas de olhos puxados no Japão (eu sei, sou exagerado) e acaba sendo um processo muito doloroso decidir qual usar, mas eu vou aplicar um analgésico e te convencer a fazer sua loja virtual Magento.

O que é Magento?

A vida de quem fazia site em 2001 não era fácil. Naquela época, mesmo nos EUA, a tecnologia para web estava começando a avançar e ainda tínhamos inimigos vorazes como o Internet Explorer 6.

Se olharmos com os olhos de hoje nós vivíamos na idade da pedra: o WordPress não existia, o iPhone ainda não havia sido lançado, o Netflix ainda era uma locadora de DVD’s e eu ainda estava no ensino médio.

Mesmo assim o pessoal da Varien, uma empresa da Califórnia, começou a notar um aumento nos pedidos de criação de lojas virtuais.

Como eles não são bobos nem nada, detectaram uma tendência mas havia o problema da tecnologia pré-histórica. A plataforma base que eles faziam as lojas era o OS Commerce e as noites de amargura resolvendo problemas eram escuras e cheias de terrores.

Para não perder a onda sem se auto-flagelar decidiram fazer sua própria plataforma que batizaram de Magento.

Apesar da ferramenta conter as principais funções que todo e-commerce precisa, a ideia nunca foi que o Magento fosse uma plataforma super-pra-frentex com muitas funcionalidades, pelo contrario, a ideia foi fazer com que a plataforma fosse o mais aberta possível para que qualquer desenvolvedor pudesse ajudar a melhorá-la ou criar suas próprias funcionalidades, e esse é o molho especial do Magento.

Todos esses atributos fizeram a plataforma ganhar notoriedade e crescer rapidamente. Em pouco tempo de vida ela já era usada em mais de 250 mil lojas online no mundo todo.

Na timeline da vida do Magento há muitos acontecimentos mas o mais marcante com certeza foi a aquisição pela eBay e depois o fim dessa “parceria”.

Segundo o CEO da plataforma eles se sentiam como o irmão do meio, com pouca atenção e concluíram que separados do eBay eles poderiam brilhar.

Todos os fatores na história da plataforma conspiraram para que ela se tornasse uma ótima opção para quem quer ter uma loja virtual, e o seu molho especial é formado por três ingredientes…

Por que ter uma loja virtual Magento

Muito bem. feita esta apresentação inicial, vejamos agora quais são os principais motivos para você usar a plataforma Magento.

Redução de custos

Quando alguém me fala em “redução de custos” a primeira coisa que me vem a cabeça é a frase “não reinvente a roda”.

Já possuir as principais funcionalidades que um e-commerce precisa para começar a vender é um dos ganhos da utilização do Magento. A roda não precisa ser reinventada, basta pegar e usar.

Tudo bem que cadastrar produtos, gerenciar pedidos e gerenciar promoções são coisas tão óbvias que não deveriam nem ser citadas, afinal se ele não tivesse não seria uma plataforma de e-commerce.

Mas o que faz a plataforma Magento sair na frente das outras plataformas de código aberto é como ele é completo em termos de funcionalidades básicas.

O gerenciamento do catálogo de produtos não é um simples criador de itens. É possível criar produtos de todos os tipos de configurações.

Produtos simples, como uma caneca, configuráveis, como camisas com variação de tamanhos e cores, produtos virtuais, como garantias estendidas, e pacotes de produtos, como um computador que o visitante escolhe marca e modelo de memória, HD e processador.

Além disso o Magento já é uma plataforma multi-site e multi-linguagem. Dá para gerenciar uma loja de eletrônicos e outra de moda, por exemplo, dentro da mesma instalação e cada uma com várias línguas diferentes.

O seu criador de promoções é um show a parte. É possível criar promoções usando atributos dos produtos ou do carrinho de compras do visitante de maneira semântica.

Literalmente falamos para o Magento “Se o subtotal do carrinho for maior que 100 reais aplique 10% de desconto“.

Integração com diversos sistemas e meios de pagamento

O movimento Open Source pode ter suas falhas mas foi isso que trouxe uma evolução tecnológica tão grande e tão rápida no mundo.

A ideia é que todo software tenha seu código aberto e seja livre para qualquer um lê-lo, estudá-lo e adaptá-lo.

A ideologia não é só bonita, ela funciona. Um software de código aberto, distribuído na Internet possui olhos no mundo todo. Qualquer pessoa que goste do que foi criado pode usar, aprender, sugerir melhorias e enviar correções de bugs.

Uma vez eu precisei de um script para validação de formulário e encontrei um que serviu muito bem, mas tinha um bug chato. Eu abri o código, entendi onde estava o bug, corrigi e mandei a correção para criador do script. As próximas pessoas que o usarem não passarão mais pelo mesmo problema.

Não só é possível ler o código do Magento como ele foi estruturado para receber módulos customizados sem precisar mexer no seu código original.

A consequência disso é uma quantidade absurda de customizações que existem para ferramentas.

  • Quer um blog dentro da plataforma? Tem módulo para isso.
  • Quer integração com PagSeguro? Tem módulo para isso.
  • Quer testar um checkout diferente para ver se converter mais? Tem módulos para isso também.
  • Quer colocar uma galeria de banners? Tem módulo também.

Isso é tão forte que empresas criam módulos para integrar suas ferramentas ao Magento. Hoje isso é um diferencial que está quase se tornando um padrão, por exemplo, qualquer ERP que não se integra com Magento já é considerado retrógrado.

Flexibilidade e autonomia

Se tem uma coisa que eu gosto no Magento é a forma como ele te permite ser um vendedor criativo.

Primeiramente por não ter limitação de cadastro de produtos e categorias. Se hoje você vende 100 produtos e quer aumentar esse mix para 500 e conseguir mais vendas você pode sem ter custo algum. Parece até propaganda ruim: Entrou, cadastrou, vendeu.

Segundamente você pode brincar com esse cadastro. Por exemplo, você pode criar uma categoria invisível, que só a acessa quem tem o link, setar uma promoção que durará 1 semana e mandar por e-mail marketing. Assim quem está na sua base pode ter descontos exclusivos.

Ou você pode criar grupos de usuários diferentes, como pessoas que sempre compram na sua loja, e dar descontos exclusivos para esses clientes.

Fora isso você tem autonomia para fazer muita coisa sem precisar de conhecimento técnico.

Pode programar promoções para entrar e sair, criar páginas de conteúdo através de um editor de texto, ajustar textos e traduções da plataforma, programar entrada de novos layouts, etc.

O que eu preciso para ter uma loja virtual Magento?

O custo de ter uma loja virtual Magento só não é menor do que uma plataforma pronta por que você sempre vai precisar de uma agência ou um desenvolvedor especializado. Também é preciso pagar pela hospedagem da plataforma.

Tendo isso basta colocar na mão do responsável técnico e começar a vender.

Com o tempo você vai entendendo o seu púbico e o que o Magento ainda não tem que precisa ser criado para você vender mais. Esse é o momento em que você sobe de nível e passa a jogar um jogo diferente.

Aqui na Bleez trabalhamos com o modelo de Magento pronto e o customizado. Assim você pode começar rápido e com menor custo e com o tempo, que você aprender sobre sua audiência e suas vendas justificarem, você pode fazer realizar customizações na sua loja.

Complemente a sua leitura com um outro artigo sobre este tema que indicamos abaixo.

Dez motivos para escolher a plataforma Magento

Os motivos para usar a plataforma Magento são muitos, e não é por outro motivo que esta é uma das plataformas de e-commerce mais usadas em todo mundo. Mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

Fonte: Blog da Bleez

Motivos para usar a plataforma Magento
5 (100%) 1 vote