Redução do custo operacional do e-commerce com um ERP
Redução do custo operacional do e-commerce com um ERP

Redução do custo operacional do e-commerce com a utilização de um ERP

A medida em que os processos internos de uma empresa vão crescendo, maior se torna a chance de surgirem erros e desperdícios. A relação entre os diversos processos fica cada vez mais complexa e consequentemente mais difíceis de serem controlados pelo gestor. Como resolver esse problema, evitar os custos desnecessários e aumentar a eficiência do negócio?

Veja no artigo a seguir como um sistema de Entreprise Resource Planning – ERP promove a integração dos diversos processos de trabalho em um e-commerce e como este sistema pode ajudar a reduzir seus custos operacionais.

O ERP melhora a gestão do estoque

Um sistema ERP torna a gestão de estoque da empresa muito mais eficiente e segura. Um dos motivos é a integração com outros processos. Quando é criado um pedido de compra em uma loja virtual, por exemplo, imediatamente o sistema gera um order picking para o estoque, que realiza a separação do pedido. O sistema também vai notificar o setor de compras e o de marketing.

Com isso, além de evitar a perda de dinheiro por falta de produtos em estoque ou pelo perecimento de algum insumo, a loja virtual também pode operar com o estoque próximo a zero. Também é possível, com os dados obtidos pelo marketing, fazer um planejamento de compras eficiente, de acordo com a sazonalidade do negócio.

Aumentando a eficiência organizacional

Redução do custo operacional do e-commerce com um ERP
Redução do custo operacional do e-commerce com um ERP

A integração dos processos que o ERP promove gera um aumento geral da eficiência organizacional por dois motivos básicos. O primeiro é que ele reduz consideravelmente o retrabalho.

Quando um dado é inserido no sistema, ele gera a ordem para todos os processos de trabalho que estão integrados, evitando que determinadas ações sejam realizadas mais de uma vez.

Quando, por exemplo, um pedido de compras entra pelo site, o software já pode gerar o pedido para o estoque, fornecer dados para o setor de Marketing e Compras, além de já gerar a nota fiscal eletrônica em XML. Uma série de processos de trabalho que consumiriam tempo, dinheiro e recursos humanos são executados apenas uma vez.

A segunda razão, que na verdade é decorrente da primeira, é que a integração dos processos reduz a incidência de erros. Quando existe uma grande cadeia de processos não-automatizados, a chance de alguma informação ser registrada ou interpretada de forma equivocada durante o percurso é muito grande, o que aumenta o tempo de trabalho e os custos operacionais e gera desperdícios de recursos.

Relatórios mais rápidos e confiáveis

Outra razão que leva um sistema ERP a reduzir os custos operacionais de um e-commerce é a geração mais simples e eficiente de relatórios. Como todos os dados estão inseridos no software, é rápido gerar informações sobre a empresa. Não há a necessidade de reunir os dados de cada uma das áreas, que normalmente estão consolidados em softwares e formatos diferentes.

Com informação gerada praticamente em tempo real e com mais confiabilidade, o gestor pode cortar custos com o ajuste dos processos de produção, logística e compras, entre outros. A velocidade que a informação é fornecida, permite decisões tempestivas e embasadas. Sua confiabilidade e caráter holístico, por outro lado, possibilita um planejamento mais eficiente.

Como vimos, existem três razões principais pelas quais a implementação de um sistema ERP reduz os custos operacionais de uma empresa:

  • Gestão mais eficiente do estoque, que pode operar próximo de zero em alguns casos;
  • Aumento da eficiência organizacional, promovida principalmente pela eliminação de retrabalho;
  • Geração de relatórios tempestivos e mais confiáveis que permitem enxergar os processos e torná-los mais eficientes.

A chave para perceber os benefícios do ERP é entender a potencialidade que traz a integração dos processos na sua empresa.

Compartilhamento de informações

O ERP pode ser integrado a diferentes sistemas como a plataforma de e-commerce, softwares de fornecedores e clientes, melhorando a troca de informações importantes para o processo entre todas as partes.

Com isso, tarefas como previsões de vendas, ordens de compras e planejamento de produção se tornam mais eficientes, evitando compras e entregas de última hora que podem trazer custos elevados para a empresa.

Otimizando gastos com TI

O ERP é uma verdadeira central de informações para uma operação de e-commerce, podendo substituir diversos sistemas e controles utilizados pelos funcionários em cada um dos setores.

Com isso, os custos de desenvolvimento e manutenção de cada uma dessas ferramentas são centralizados e otimizados em um único software, o que possibilita a gestão de todos os processos a partir de um só lugar.

Quando o ERP usado está hospedado na nuvem, ainda é possível reduzir os custos de desenvolvimento e implantação da solução, além dos gastos necessários para manter uma infraestrutura de hardware e software dedicada ao sistema.

Facilitação do atendimento

O uso de um sistema de gestão empresarial também facilita a criação de lojas virtuais, seja no B2B ou no B2C, que podem otimizar a experiência do cliente na hora de fazer compras.

Portanto, ao invés de investir em equipes dedicadas de consultores e representantes comerciais, sua empresa pode ter uma central virtual por meio da qual é possível acessar produtos, preços, disponibilidade e ofertas especiais.

Automatização de tarefas

Em pleno século XXI, as empresas não têm mais desculpas para seguir utilizando controles manuais que, além de lentos, são sujeito a erros administrativos que podem gerar diversos custos para a empresa. Automatizando e unificando a inserção de dados cruciais para as operações e os negócios, os ERPs contribuem para a redução desses equívocos, poupando os recursos necessários para corrigi-los.

Redução de custo do trabalho

A mão de obra é um dos custos operacionais mais elevados para qualquer empresa. Por isso, ao usar um sistema integrado e de interface mais amigável para os usuários, os ERPs exigem o menor tempo possível para que os funcionários insiram as informações.

Além de reduzir o tempo necessário para realizar as tarefas, aumentando a produtividade como um todo, o sistema ainda permite que os colaboradores da empresa usem o tempo livre para identificar outras oportunidades de melhoria nos processos que podem trazer vantagens competitivas.

Não é raro que os empresários estejam sempre em busca de aumentar o faturamento, afinal é isso que garante a rentabilidade da empresa e a viabilidade do negócio para o futuro. No entanto, as reduções de custos também trazem resultados surpreendentes para as finanças. Não é a toa que o ERP é considerado uma das principais ferramentas de gerenciamento de um e-commerce.

Mantenha-se informado sobre questões relativas a redução de custos operacionais do e-commerce através de sistemas ERP e outras sobre comércio eletrônico, assinando nosso  Boletim Informativo.

GD Star Rating
loading...
Redução do custo operacional do e-commerce com um ERP, 10.0 out of 10 based on 1 rating

1 COMENTÁRIO

  1. Boa noite,

    Excelente artigo. Deixo aqui minha satisfação em poder ter acesso a um conteúdo de extrema relevância dentro de um nicho tão pouco explorado na internet. Nota dez mesmo.

    Abração.

DEIXE UMA RESPOSTA