Entendendo os diferentes tipos de e-commerce

Entendendo os diferentes tipos de e-commerce

Entenda a diferença entre os tipos de e-commerce
Entenda a diferença entre os tipos de e-commerce

Entendendo os diferentes tipos de e-commerce

Entenda a diferença entre os tipos de e-commerce
Entenda a diferença entre os tipos de e-commerce

Quando falamos em e-commerce, existem diversos tipos de negócios que podem ser feitos on-line entre diversos tipos de públicos.

Falando de forma genérica, e-commerce são transações digitais de compra e venda, normalmente via Internet, seja de produtos ou serviços.

De acordo com o modelo de e-commerce ou quem são os participantes, novas siglas apareceram. Veja a abaixo as principais siglas do e-commerce e o que cada uma significa:

B2B – Business to Business

Este modelo se caracteriza pelo comércio eletrônico feito entre empresas, conhecido como e-commerce B2B. Um distribuidor pode comprar seus produtos de um fabricante ou importador, uma loja pode repor seu estoque deste distribuidor ou diretamente da indústria que fabrica o produto.

Qual a grande diferença? É que entre empresas, existem muito mais detalhes como níveis de desconto pelo porte das compras, vendas faturadas com limites de crédito, impostos diferentes dependendo do estado ou tipo de empresa, etc.

B2C – Business to Consumer

Este é o tipo mais comum, é a venda varejo. A venda que uma loja faz diretamente ao cliente final. Quando um cliente entra num site e compra seu tênis, se livro, sua geladeira ou mesmo seu ingresso de cinema a transação é classificada como venda de varejo ou B2C.

B2G – Business to Government

Este modelo é quando uma empresa vende para o Governo. Poderia ser considerada uma venda B2B, porém existem diversas regulamentações e regras que devem ser respeitadas por imposições de lei.

B2E – Business to Employee

Este é uma variação do B2C. É quando uma empresa faz a venda para seus próprios funcionários. Que normalmente tem acesso a preços diferenciados do varejo tradicional, normalmente tem limites de compra e em alguns casos podem fazer desconto em folha.

C2C – Consumer to Consumer

É quando um site intermedia transações diretamente entre um consumidor e outro. Normalmente sites de leilões como eBay e Mercado Livre caem nesta condição. As pessoas não compram seus produtos do Mercado Livre, elas compram de outras pessoas que anunciam eles lá.

B2B2C – Business to Business to Consumer

Quando uma empresa faz negócios com outro visando uma venda para o cliente final. Por exemplo, uma loja de informática pode fazer uma venda para seu cliente final utilizando o próprio sistema do distribuidor, que por definição não pode vender para o cliente direto.

Por Mauricio Di Bonifacio, sócio-fundador da Vertis no portal Universo B2B

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA