Plataformas de e-commerce B2B - O que são e quais suas principais características
Principais características das plataformas de e-commerce B2B

Plataformas de e-commerce B2B – O que são e quais suas principais características

O mercado de plataformas de e-commerce B2B vem crescendo a passos largos no Brasil, na medida que as empresas percebem as vantagens desse tipo de ferramenta para seus negócios.

Seja sob o ponto de vista de redução de custos ou do ponto de vista da eficiência nos processos de compra e venda, o e-commerce business to business vem ganhando força entre as empresas brasileiras.

Neste cenário as plataformas de e-commerce B2B começam a ser uma fonte de preocupação para o empresariado, pois este tipo de negócio apresenta diferenças gritantes em termos de sistema.

Em função de suas características próprias, temos no país atualmente um crescente número de empresas que vem desenvolvendo sistemas de e-commerce B2B para satisfazer à crescente demanda.

O que é uma plataforma de e-commerce B2B

Uma plataforma de comércio eletrônico B2B é um sistema desenvolvido especialmente para o e-commerce entre empresas. da mesma forma que no comércio eletrônico B2C, estes sistemas são compostos basicamente por dois ambientes, o Front- End, o ambiente web que é acessado pelos clientes e o Back-End, módulo administrativo da loja virtual, onde são realizadas as rotinas administrativas do negócio.

Embora esta formatação seja muito parecida com a das plataformas de e-commerce business to consumer, as semelhanças se encerram por ai mesmo.

Características desse tipo de plataforma

Plataformas de e-commerce B2B - O que são e quais suas principais características
Principais características das plataformas de e-commerce B2B
Existem diferenças gritantes entre a formatação de uma loja virtual voltada para o mercado B2B e B2C. Embora algumas empresas ainda acreditem que de forma geral é tudo a mesma coisa, na prática as demandas operacionais são muito distintas.

O fator determinante do modelo de e-commerce que uma empresa adota não são os produtos em si ou as quantidades negociadas, mas sim o destino das mercadorias vendidas. É a atividade fim que caracteriza um e-commerce  como B2B ou B2C. É ai que as coisas começam a ficar bem diferentes.

Algumas características especiais distinguem uma plataforma de e-commerce B2B de uma plataforma B2C.

  • Diferentes opções de políticas comerciais
  • Formas de pagamento
  • Rotinas contábeis diferenciadas
  • Navegação orientada para este tipo de negócio

Como você pode constatar, embora os dois sistemas tenham o mesmo objetivo, promover um ambiente de compra e venda de mercadorias, existem características das plataformas de e-commerce B2B que as diferenciam bastante do comércio eletrônico voltado para o consumidor final.

Diversidade de políticas comerciais nas plataformas de e-commerce B2B

Essa é uma das principais características das plataformas de e-commerce B2B. Nessa modalidade de comércio eletrônico é comum a empresa trabalhar com diferentes políticas de negócios, de acordo com o perfil de cada cliente.

As plataformas de e-commerce B2B costumam permitir a criação de tabelas de preços diferenciadas por perfil de cliente, formas de pagamento específicas, políticas de descontos próprias para cada perfil e outras customizações, uma dinâmica bem diferente da que estamos acostumados no universo B2C.

Por isso, é importante que a plataforma B2B ofereça essa flexibilidade de formatação de políticas comerciais para satisfazer um universo variado de consumidores, uma funcionalidade raramente vista em plataformas de e-commerce B2C.

Cálculo dos impostos nas operações B2B

Outra característica das plataformas de e-commerce B2B é o calculo diferenciado dos impostos incidentes sobre as operações. No Brasil, a questão da tributação no e-commerce ainda é bastante delicada, e quando se trata de negócios realizados entre empresas ela é completamente diferente.

É preciso que o sistema de e-commerce B2B ofereça um rotina de cálculo tributário específica para este tipo de operação, levando em consideração questões como a venda para pessoas jurídica também contribuinte do ICMS, onde a alíquota praticada deverá ser a interestadual.

Se a plataformas de e-commerce que você for utilizar não oferecer esta possibilidade, isso irá gerar mais uma rotina interna para ajuste da questão tributário, o que encarece o processamento dos pedidos e consome mais tempo.

Cuidado com as “ganbiarras”

plataforma Magento, uma das mais completas do mercado atual, possui algumas configurações que podem ajustá-la ao e-commerce business to businnes, mas mesmo assim, não fica lá estas coisas. Por que? A plataforma é ruim? Não, só que o foco do projeto nunca foi B2B e sim B2C, e por isso, mesmo contando com ótimos recursos, não é o que eu chamaria de uma verdadeira plataforma de e-commerce B2B.

Ao elaborar um projeto de e-commerce com foco no segmento B2B é preciso se certificar de que a plataforma seja adequada às necessidades específicas do projeto, caso contrário, você pode acabar sendo surpreendido por dificuldades técnicas e operacionais que pode acabar até mesmo inviabilizando o negócio.

Felizmente o comércio eletrônico evoluiu bastante nos últimos anos no Brasil, inclusive no segmento B2B e atualmente já encontramos com certa facilidade empresas especializadas em plataformas de e-commerce B2B como as que temos listadas em nosso diretório de empresas.

Como você pode ver, as plataformas de e-commerce B2B possuem características próprias e por isso invista o tempo que for preciso no processo de pesquisa do sistema a ser adotado para garantir o sucesso do seu negócio.

Por Alberto Valle, diretor e instrutor do Curso de E-commerce

GD Star Rating
loading...
Plataformas de e-commerce B2B, 10.0 out of 10 based on 4 ratings

DEIXE UMA RESPOSTA