Marketing digital para lojas virtuais

O investimento em ações de marketing digital para lojas virtuais é uma das principais etapas para o desenvolvimento de um e-commerce de sucesso, afinal de contas, como diz o ditado, quem não é visto não é lembrado.

É curioso como muitos empreendedores, ao montarem suas lojas virtuais, ficam muito focados na questão da plataforma de e-commerce e acabam deixando de lado as questões relativas ao marketing digital, que para uma loja virtual é fundamental.

Como vamos ver mais adiante, hoje em dia a plataforma de e-commerce deve estar alinhada às ações de marketing online para lojas virtuais, caso contrário você terá sérios problemas.

Tanto é assim que os recursos oferecidos pelo sistema de e-commerce, no que diz respeito a integração as plataformas de marketing, são um dos fatores decisivos na hora da escolha de uma plataforma de comércio eletrônico.

Voltando a questão inicial, quais seriam as melhores opções em termos de estratégias de marketing digital para lojas virtuais nos dias de hoje? Por onde começar?

Bem, não existe uma resposta única para isso. Vai depender muito do setor em que você atua e dos recursos disponíveis, e o que não faltam são opções e ferramentas, como por exemplo:

    1. Marketing de Busca
    2. Remarketing
    3. Marketing nas Redes Sociais
    4. E-mail Marketing
    5. Marketing de Conteúdo
    6. Vídeo Marketing
    7. Marketing de Afiliados
    8. Monitoramento de Resultados

Vejamos então quais seriam as qual seria o passo a passo para que você possa iniciar a criação de um plano de marketing digital para lojas virtuais, de maneira profissional e com isso alavancar as suas vendas.

Primeiros passos no marketing digital para lojas virtuais

Confira abaixo as diversas opções de marketing digital para e-commerce, e quais são as mais adequadas para cada caso.

Marketing de Busca

Um dos principais canais de marketing digital para lojas virtuais é o Marketing de Busca, ou seja, destacar o seu e-commerce nas páginas de respostas a pesquisas realizadas no Google e também em outros grandes buscadores.

Nesta área você terá basicamente duas opções, investir em Busca Orgânica, ou seja, os resultados espontâneos e gratuitos nas páginas de respostas do Google e outros grandes buscadores, e os Links Patrocinados, resultados pagos nas páginas de respostas.

Onde aplicar os seus recursos de marketing:

  • Resultados Orgânicos – Você deverá investir em técnicas de SEO – Search Engine Optimization para que a sua loja virtual se destaque nas páginas de respostas dos mecanismos de busca;
  • Links Patrocinados – Você deverá neste caso trabalhar com ferramentas próprias dos grandes buscadores, como o Google Ads, plataforma de links patrocinados do próprio Google.

É importante dizer que em termos de marketing digital para lojas virtuais, assim como outros tipos de sites, uma estratégia não exclui a outra. Cada uma tem seu momento e função, como no caso do nosso próximo item.

Remarketing

Sabe quando você acessa a página de um determinado produto em uma loja virtual, e depois aquele produto surge em todos os sites e redes sociais que você visita? Bem, isso não acontece por acaso, é o que chamamos de Remarketing.

Entre as estratégias de marketing para lojas virtuais, esta é uma que ocupa os primeiros lugares em termos de conversão. As pesquisas mostram que ela apresenta uma taxa de conversão até 40% maior que os links patrocinados únicos.

Você poderá implementar uma estratégia de Remarketing para sua loja virtual em dois ambientes distintos:

  • Sites – Utilizando o Google Ads, você poderá implementar uma estratégia de Remarketing com os seus anúncios sendo exibidos nos sites parceiros de anúncios do Google;
  • Redes Sociais – O Facebook, Instagram e outras redes sociais também oferecem a opção de veiculação de anúncios através de marcações que são feitas quando uma pessoa visita uma determinada página ou conjunto de páginas em sua loja virtual.

Entre as estratégias de marketing digital para lojas virtuais, essa é uma que coloco entre as minhas favoritas, pois ela acompanha a jornada de compra do consumidor até o momento que ele acaba convertendo.

Marketing nas Redes Sociais

Para alguns segmentos, como o e-commerce de moda e acessórios, gastronomia, turismo e beleza, entre outros, a melhor opção em termos de marketing digital para lojas virtuais é o display em redes sociais.

Redes sociais como Facebook, Instagram e outras, oferecem atualmente diversas opções em termos de marketing digital para lojas virtuais. Uma das grandes vantagens destas ferramentas, é a sua incrível possibilidade de segmentação.

No caso do Facebook e Instagram, você poderá criar anúncios que irão impactar exatamente o público que realmente tem um potencial maior de compra dos seus produtos e serviços.

Nos Facebook Ads, os anúncios no Facebook, que também podem ser direcionados para o seu perfil no Instagram, você poderá segmentar a exibição em função de critérios como:

  • Dados demográficos, como por exemplo, gênero, faixa etária, localização geográfica, estado civil e escolaridade;
  • Interesses de acordo com o comportamento dos usuários, medido através de interações anteriores com outras publicações de outras páginas ou perfis;
  • Pessoas que visitaram sua loja virtual ou páginas e seções específicas do seu e-commerce em um período que você pode determinar.

Com este nível de segmentação, o marketing digital para lojas virtuais nas redes sociais se transforma em uma ferramenta poderosíssima e funciona também como uma forma de otimizar os recursos envolvidos no marketing online.

Para saber um pouco mais sobre esta alternativa de marketing digital para lojas virtuais, sugerimos que você leia o nosso artigo Como Vender Pelas Redes Sociais.

E-mail Marketing

Quem disse que o e-mail marketing morreu? Se foi alguma pessoa conhecida sua, mande urgentemente uma mensagem para ela, avisando que está redondamente enganada. Por exemplo, uma estratégia de marketing digital para lojas virtuais não está completa sem essa ferramenta.

Na grande maioria dos segmentos do e-commerce, o e-mail marketing ocupa a terceira posição em termos de taxa de conversão entre as diversas estratégias de marketing digital no e-commerce.

Uma boa estratégia de e-mail marketing, conduzida de maneira técnica e profissional, com segmentação nas ofertas e oportunidades, pode ser uma das melhores ferramentas de marketing para lojas virtuais.

Com um bom sistema de automação de marketing, com disparos resultantes de ações específicas em seu site, pode gerar um volume de vendas elevado, e também criar uma sinergia entre outras ferramentas de marketing digital para e-commerce.

Marketing de Conteúdo

Ainda pouco explorado como ferramenta de marketing digital para lojas virtuais, o marketing de conteúdo é certamente uma estratégia da qual você não pode abrir mão na hora de criar um e-commerce de sucesso.

O conceito é muito simples. Ao invés de ficar correndo atrás dos consumidores, com anúncios explícitos, você faz com que eles encontrem a sua loja virtual, quando estão em busca de informações sobre um determinado produto ou serviço.

Como você pode usar o marketing de conteúdo como ferramenta de marketing digital para lojas virtuais? Existem diversas opções, mas a mais clássica é a de criar um blog associado ao seu e-commerce.

Atualmente, ao se elaborar um plano de marketing para lojas virtuais, é fundamental criarmos um canal voltado para o marketing de conteúdo, seja através de um blog ou outros canais nas mídias sociais.

A outra é a criação de e-books, aos quais as pessoas só terão acesso se deixarem seu nome e-mail. É uma ótima forma de geração de leads, que posteriormente podem ser nutridos através de ações de Remarketing.

Outra alternativa é lançar mão do vídeo marketing, seja através da inserção nas publicações no blog da loja ou suas redes sociais, ou através de um canal bem estruturado no YouTube, em uma estratégia de vídeo marketing.

Vídeo Marketing

Não há dúvida de que o vídeo marketing é a principal tendência do marketing online, e por isso, não podemos em uma estratégia de marketing para lojas virtuais, deixar esta dimensão de lado.

No marketing de conteúdo, os vídeos são as peças de maior aceitação e engajamento. A importância dos vídeos em lojas virtuais já é nossa velha conhecida como ferramenta para o aumento da taxa de conversão.

Em termos de marketing digital eles também são poderosíssimos. Existe forma melhor de mostrar um produto do que um vídeo, do próprio produto ou do uso dele? Claro que não!

Além disso, os vídeos podem ser usados em diversas situações. No canal do YouTube da loja, no Facebook, no Instagram, em publicações no blog associado à marca e até mesmo no e-mail marketing.

Marketing de Afiliados

Esta é uma estratégia de marketing digital para lojas virtuais lançada originalmente pela Amazon, e posteriormente adotada por diversas outras lojas virtuais, como por exemplo, Submarino, Ponto Frio, Dafiti e outros gigantes do e-commerce.

O Marketing de Afiliados para lojas virtuais consiste em pagar uma comissão para sites que anunciam os produtos da loja, quando um visitante destes sites clica em um banner ou link, e realiza uma compra na loja virtual.

É uma estratégia de marketing digital para lojas virtuais bastante interessante e com um conceito bem simples. Na verdade, é a virtualização dos vendedores das lojas físicas, que recebem uma comissão para cada venda.

A implementação desta estratégia pode ser feita diretamente na plataforma de e-commerce, quando ela oferece este recurso, ou então através de plataformas especializadas, como a Awin e Lomadee. Para saber mais sobre marketing de afiliados, clique aqui.

Monitoramento de Resultados

As estratégias de marketing digital, sejam elas as que forem, precisam ser confirmadas através de um sistema de acompanhamento de resultados, para que se possa saber qual o seu grau de eficácia.

Por isso, quando criamos uma estratégia de marketing digital para lojas virtuais, precisamos determinar também, de que forma estas ações terão seus resultados monitorados, inclusive para que possamos promover ajustes.

Para isso, contamos com o Google Analytics, ferramenta gratuita do Google, que nos permite não só monitorar os acessos de uma loja virtual, como também criar Funis de Conversão para que possamos apurar o resultado de nossas ações.

Em nosso Curso de Marketing Digital, fazemos questão de detalhar cada uma dessas etapas, para que você possa montar um planejamento completo das suas ações e monitorar seus resultados.

Como você pode ver, o marketing digital para lojas virtuais envolve diversas dimensões e por isso, seu planejamento, execução e acompanhamento deve ser uma tarefa prioritária para qualquer e-commerce.

Mantenha-se em dia com este e outros artigo sobre marketing digital no e-commerce publicado aqui em nosso Guia, assinando a nossa Newsletter.

Por Alberto Valle no blog da Academia do Marketing

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here